Bíblia Leão NVI

 

bíblia-leão-nvi
bíblia-leão-nvi

Bíblia Leão NVI

Leve com você a Bíblia Leão Sagrada Jovem, com capas estilosas e lateral artística, exclusividade Geográfica, versão NVI (Nova Versão Internacional), uma das mais modernas traduções, que valoriza a clareza do texto, permanecendo fiel aos Escritos originais.

 A Bíblia Leão proporciona ao leitor uma linguagem mais atual e fluente. Incluindo um rico material, com panorama bíblico e mapas.

O amor é o maior mandamento bíblico, sendo assim, é fundamental saber se nossa ideia sobre o amor está correta.

Será que existe mais de um tipo de amor?

E você sabe onde fala de amor na Bíblia?

Jesus disse que o grande mandamento é: amar a Deus sobre todas as coisas e ao próximo como a si mesmo, e que não há nada maior do que isso, cumprindo esses dois mandamentos, você não precisa se preocupar com mais nada, mas como isso funciona na prática?

Muitos podem pensar que amar a Deus é mais importante do que amar ao próximo, mas a bíblia ensina que, quem não ama seu próximo a quem vê, não pode amar a Deus a quem não vê.

O livro de Gálatas diz que toda a lei se cumpre em uma só palavra, “Amarás o teu próximo como a ti mesmo”.

O amor que conhecemos de uma forma geral, que vemos nos filmes, nas histórias, quase sempre envolve sentimento, desejo, gostar, mas não é esse o amor do mandamento.

O amor com o qual devemos amar ao próximo é o mesmo com o, qual Deus nos amou.

Como diz na 1 João 4.11 “Se Deus assim nos amou, devemos amar uns aos outros”

Então quer dizer que existe mais de 1 tipo de amor? Teoricamente não, o problema é que o nosso idioma utiliza a palavra amor de uma forma muito genérica, diferente do hebraico e do grego, que são 4, vamos conhecê-los:

Amor Fileo

  • O primeiro é conhecido como o amor de amizade “Fileo/Grego”, baseado na afinidade, naquilo e em que você tem em comum com uma pessoa e que depende da reciprocidade.

E, porque não pode ser o amor com qual Deus no amou? Pois, depende das circunstâncias, Cristo morreu em nosso favor, quando nós ainda éramos pecadores, ou seja, nesse momento, eramos inimigos de Deus, sendo assim, não pode ser o amor de amizade.

Amor Storge

  • O segundo amor é conhecido como o amor familiar “Storge/Grego” e ele é muito parecido com o amor de amizade, porque também é um sentimento, porém de compromisso, quando uma pessoa faz parte da sua vida,  e normalmente você não escolhe por quem vai ter esse tipo de sentimento, mas é algo que supostamente deve crescer com o passar do tempo, com o convívio.

Geralmente temos esse tipo de sentimento por amigos de infância, irmãos da igreja e, principalmente por familiares, mesmo assim é um amor que aumenta ou diminui conforme ele é correspondido.

E, por que também não pode ser esse tipo de amor com qual Deus nos amou? A bíblia diz que só passamos a fazer parte da família de Deus, quando entregamos nossa vida a Jesus Cristo.

Amor Eros

  • O terceiro é o amor que envolve paixão “Eros/Grego” geralmente baseado na atração física e no desejo.
  •  É um amor que tem um aspecto mais egocêntrico, pelo prazer que ele lhe proporciona, é um amor que você quer tomar posse de alguém e isso pode acontecer mesmo sem o contato físico, é esse tipo de sentimento que Jesus diz ser possível cometer adultério somente no olhar, através do desejo.

           E o motivo desse não ser o amor de Deus, mesmo que deixemos de lado o aspecto sexual e olhe apenas para o lado da paixão, empolgação, satisfação, ainda assim, Deus não tem satisfação alguma, naquele que peca.

A pergunta é, esses sentimentos amorosos são ruins? Depende do contexto, tanto da motivação, como da pessoa por quem está vendo esse tipo de sentimento, no relacionamento de um casal, eles são fundamentais.

Aliás, se esses 3 tipos de sentimentos não forem identificados e respeitados, primeiro a amizade, depois o compromisso e só depois o carnal, a chance de você se casar com uma pessoa que não tenha conhecimentos mínimos da amizade e nem compromisso, são muito grandes.

Amor Ágape

Mas,  agora vamos falar do verdadeiro amor, com a qual Deus no amou, “Ágape/Grego”, não é o impulso por sentimento,  nem se dá por somente aqueles com quem se tem afinidade, é incondicional, ou seja, não importa se a pessoa merece ou não, é uma decisão seguida por uma atitude, é fazer algo em favor de alguém e não sentir algo por alguém.

O amor-perfeito é imparcial, não faz acepção de pessoas, mas busca oportunidade de fazer o bem a todos.

 Principalmente por aqueles que compartilham desse mesmo amor, por isso que amar e gostar são distintos, mesmo que você não goste de alguém, você pode agir em favor dessa pessoa, é fazer por ela, o que você gostaria que ela fizesse por você.

É se colocar no lugar do outro, isso é amar o próximo.

É abandonar a mentira e falar a verdade, não se preocupando apenas em agradar, mas fazendo algo para o bem do outro.

Mas, isso tem um problema, como saber o que é bom para alguém, afinal podemos pensar que o que é bom para nós nem sempre é bom para outra pessoa.

É difícil saber o que realmente uma pessoa precisa, por mais que você a conheça.

Muitas vezes pode julgar que está fazendo o bem pra alguém, quando, na verdade, está prejudicando.

A questão é que quando você conhece o amor de Deus, sabe exatamente, o que essa pessoa precisa.

O Grande Segredo
É aqui que mora o grande segredo, não temos condições de revelar esse amor para ninguém, ele é revelado por Deus, através do espírito santo.

Nosso papel é apenas mostrar onde se encontra essa revelação, e isso é possível com apenas um versículo.

— Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna.

  • João 3:16

Quando olhamos para esse versículo, vemos que Deus, deu seu único filho, foi uma ação e a motivação desse amor, foi salvar o homem da condenação e dar ao homem á vida eterna.

Nisso conhecemos o que é amor, Jesus Cristo deu sua vida por nós e não existe amor maior do que aquele que dá a sua vida em favor de alguém.

 A revelação do amor de Deus, está em Jesus Cristo.

Vamos conhecer alguns outros Versículos que falam sobre o Amor de Deus?

— Mas Deus demonstra seu amor por nós: Cristo morreu em nosso favor quando ainda éramos pecadores.

  • Romanos 5:8

            — Mas tu, Senhor, és Deus compassivo e misericordioso, muito paciente, rico em amor e em fidelidade.

  •  Salmos 86:15

— Amos os que me amam, e quem me procura me encontra.

  •     Provérbios 8:17

             — Assim conhecemos o amor que Deus tem por nós e confiamos nesse amor. Deus é amor. Todo aquele que permanece no amor, permanece em Deus, e Deus nele.

  • 1  João 4:16

Na Bíblia Personalizada Leão, versão NVI (Nova Versão Internacional), você encontrará fé e motivação diárias, a partir dos ensinamentos da Palavra.

 

Garanta já a Sua – compre agora com Preço Exclusivo e receba em Casa!

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *